Um Guia para o Gerenciamento de Kubernetes

10 maio 2021 | E-book, Kubernetes

Em primeiro lugar, Kubernetes não é só a principal solução de orquestração de contêineres. Agora, tornou-se o padrão. Portanto, funcionários de tecnologia adoram trabalhar com a tecnologia:

  • Porque sua extensibilidade agrada aos desenvolvedores, já que lhes dá o máximo de agilidade e flexibilidade ao fornecer aplicações nativas da nuvem, seja no local, na nuvem ou no perímetro.
  • Posto que ajuda a aumentar a produtividade das equipes de tecnologia da informação, pois reduz custos e riscos. Além disso, ajuda as organizações a atingir seus objetivos de nuvem híbrida.
  • Visto que ajuda CEOs e CIOs a alcançar o aumento de agilidade e eficiência de suas equipes de desenvolvimento. De fato, isso lhes permite reduzir o tempo e a complexidade de implementação de aplicações diferenciadas em produção.
Em outras palavras, Kubernetes facilita o gerenciamento da complexidade do software. À medida que as aplicações corporativas se tornam mais complexas, as equipes precisam de uma ferramenta para orquestrar essa complexidade. Bem como precisam de uma forma de iniciar todos os serviços dependentes dessas aplicações, para garantir que tudo esteja íntegro e conectem-se entre si.

Um guia para um bom Gerenciamento de Kubernetes

Em resumo, o guia no final deste artigo fornece um roteiro básico para desenvolver, com sucesso, uma estratégia Kubernetes. Além disso, selecione a melhor solução de gerenciamento para atender às suas necessidades.
Sobretudo, você encontrará também três estudos de caso, em detalhes, de empresas líderes no caminho com Kubernetes e Rancher como sua solução preferida. Assim, esperamos que profissionais de TI e líderes à frente de organizações de qualquer tamanho, possam ter as referências de como usar Kubernetes para melhorar suas operações.
Por fim, baixe o ebook completo e gratuito “Kubernetes Management” e entenda o gerenciamento de Kubernetes. Aproveite e leia sempre que quiser ou consultar sempre que precisar.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This